INDEBTED #2

Sinopse: 'Você diz que eu nunca vou possuir você. Se eu ganhar - você de bom grado me dá esse direito. Você não só assina o acordo da dívida, mas um outro - um que me faz seu mestre até que seu último suspiro seja tomado. Você faz isso, e eu vou te dar isso'.

A família de Nila Weaver está em dívida. Roubada, tomada e não vinculada por monstros, mas por um acordo escrito há mais de seiscentos anos atrás, ela não tem saída.
Ela pertence à Jetro, tanto quanto ela nega.
A paciência de Jethro Hawk está se esgotando. Seus testes de hereditariedade e desafios o surpreende - e não do jeito bom. Ele não a controla, mas ele acha que ele pode ter encontrado uma forma de vinculá-la para sempre.

INDEBTED #3

Sinopse: ‘Eu tentei jogar um jogo. Eu tentei enganar tão perfeitamente como os Hawks. Mas quando eu pensei que eu estava ganhando, eu não estava. Jethro não é o que parece - ele é o mestre de duplicidade. No entanto, eu me recuso a deixar que ele me aniquile ainda mais’. 
Nila Weaver cresceu sendo uma costureira ingênua e lutadora. Cada objeto enfadonho é seu arsenal, e sexo... sexo é a sua maior arma de todas.
Mas ela não tem nenhuma intenção de deixar os Hawks vencer.
Jethro Hawk tem encontrado mais do que um adversário digno em Nila - ele encontrou a mulher que poderia destruí-lo. Há uma linha tênue entre o ódio e o amor e um caminho ainda mais fino entre o medo e respeito.
O destino de sua casa repousa sobre seus ombros, mas não importa o quanto gelo vive dentro de seu coração, as chamas muito brilhantes Nila estão para serem extintas.

INDEBTED #4
Sinopse: "Ela me curou. Ela me quebrou. Eu a libertei. Mas estamos juntos nessa. Vamos acabar com isso juntos. As regras deste jogo antigo não podem ser quebradas."
Nila Weaver não reconhece a si mesma. Ela deixou seu amante, sua coragem e sua promessa. Duas dívidas pagas. Muito para ela lidar. Jethro Hawk deixou de reconhecer a si mesmo. Ele abraçou o que sempre correu, e agora enfrenta a punição muito maior do que temia. Está quase na hora. É isso está exigindo ser pago.
A terceira dívida será o teste final.

    Se você já viu a minha resenha do primeiro livro você pode ver que eu tinha uma forte raiva do Jethro e tinha uma dúvida sobre o Kite da mensagem misteriosa. Então vamos lá, eu não odeio mais o Jethro, até gosto dele, ele foi um idiota no primeiro livro, eu sei disso, mas nos outros três ele passa a demonstrar quem ele é realmente e não quem a família dele quer que ele seja. Sobre a mensagem misteriosa tudo aponta que o tal do Kite seja o irmão do Jethro, Kestrel, Nina acha que é ele e usa ele como uma âncora, e acabam se tornando grandes amigos, mas tudo desmorona quando o Kestrel diz que o nome do meio de Jethro é no fato Kite, Jethro Kite Hawk, e nisso Nina entra em ataque de raiva, Jethro roubou tudo dela, e agora ela descobre que de fato é com ele que ela troca mensagens de sexo acaba com ela. 
Um dos pontos fortes que ocorrem é que Nina admite que ama o Jethro e ele admite ter sentimentos por ela, mas tudo muda quando o irmão gêmeo dela arma um escândalo na mídia dizendo o que de fato ocorre na mansão Hawk e uma equipe é enviada pra retirar Nina de lá, o problema é que ela não quer sair, se sair o Jethro morre como punição, mas ele não quer que a Nina sofra, ao menos um tem que ser salvo, então enquanto a Nina volta pra sua vida o pai de Jethro tem outros planos pra ele, ele quer o seu primogênito de volta sem interferência de uma certa Weaver, então ele faz um trato com seu filho pra tomar 2 pílulas a cada certas quantidade de horas e ele acaba se tornando um viciado nelas, e elas o fazem esquecer de tudo, principalmente o seu amor pela Nina, ele se torna frio e cruel como o pai dele quer, mas ao retorno de Nina pra casa ela consegue amolecer ele de novo após um tempo. 
    Quando chega a hora da terceira dívida ser paga ele arma um jeitos dela se livrar tentando enganar a sua família dopando eles, mas tudo vai por água abaixo, vidas serão tiradas, pessoas levadas, ameaças e um novo dono para fazer o que desejar com a Nina e cobrar as dívidas.

Um Comentário