Alec possui Keela, e o que Alec possui, Alec mantém.

Sinopse: Keela Daley é a ovelha negra da família. Ela sempre vem depois de sua prima mais nova Micah. Mesmo aos olhos de sua mãe, Micah brilhava e Keela desvanecia em sombras. Agora, na idade adulta, Micah está noiva e o foco é apenas sobre ela. Keela possui uma baixa prioridade... ou assim ela pensa.
Alec Slater é um solteirão, nunca leva  para a cama a mesma mulher, ou um homem, duas vezes. Ele é um agente livre, que faz o que lhe agrada e responde a ninguém; isso, até uma irlandesa ruiva com um temperamento ardente para combinar com a cor de seu cabelo derrubá-lo em sua bunda. Literalmente. Ela odeia ter que admitir, mas Keela precisa de um favor do arrogante irmão Slater, um enorme favor. Ela precisa dele, não só para acompanhá-la ao casamento de Micah, mas também para se passar por seu namorado. Alec concorda em ajudar Keela, mas tem certas condições para ela cumprir. Ele quer o seu corpo e planeja tê-lo antes que alguém possa dizer o que fazer. O que ele não planeja, é perder seu coração, bem como a possibilidade de perder sua família, quando alguém do seu passado ameaça seu futuro.



      Eu acho esse livro cômico, ele é incrível, Keela e Alec são uma comedia juntos.
     Eles se conhecem e já brigam, Keela o odeia de cara, o problema é que ela precisa da ajuda dele para ser seu "acompanhante" no casamento da prima dela com o garoto que a enganou. Alec trabalhava para um organização e sua profissão era de acompanhante de luxo, mas ele saiu dessa vida então ele recusa ajudar Keela. 
   Depois de conversarem ele finalmente concorda, e o Alec vai morar com a Keela, sim, ela conheceu o cara uma noite atrás e quando vai ver ele já está fingindo ser seu namorado e divide uma cama com ela. Nem vou começar a dizer o quanta sorte ela tem em dormir na mesma cama com um Slater, né.
    Eles passam a semana do casamento junto e se aproximam, quando Keela finalmente decide dar uma chance ao Alec acontece um bomba, e devo dizer, é o caralho da bomba atômica, eu particularmente ODIEI o Alec na hora. E após isso acontece outra bomba, uma fodida também, bem fodida na verdade, mas como sempre os Slater estão juntos para tudo.
    Alec é um amor, eu acho que de todos os irmãos que eu já li ele é o mais sentimental, quer dizer... todos são sentimentais, mas não demonstram, ele é mais livre nesse quesito, porém é obvio que na frente dos irmãos ele é o macho durão. Alec se apaixona por Keela, não é algo que ele planejou e quando ele a tem ele não pode deixa-lá escapar. Alec possui Keela, e o que Alec possui, Alec mantém.
    Uma das cenas que eu amei foi quando o Alec e a Keela estavam no mar e ele a estava segurando, aí quando ela diz que acha que viu uma barbatana de tubarão ele simplesmente joga ela no mar e vai embora gritando, eu chorei de rir nessa hora.

“As rosas são vermelhas, violetas são azuis; 
Eu estou usando a minha mão, mas eu estou pensando em você.”
— Alec Slater.
"— Quem diabos você pensa que é?
— Alec Slater, sua próxima - ou única - grande foda."
— Você está preste a ser Alec Slater - vítima de assassinato - se não calar esse buraco na sua cara."
Keela e Alec. 
"Este cara é o meu Deus! Ele acabou de foder essa garota, Ana, enquanto ela está menstruada."
Alec sobre Cinquenta Tons.
Keela: Se você pudesse dormir com qualquer homem no mundo, quem seria?
[...]
Alec: Jamie Dornan. 


SLATER BROTHER'S #2,5
Keela adora Alec, e o que Keela adora, Keela preza.


Sinopse: Keela Daley está estressada com pesadelos e memórias de seu passado estão assombrando-a. Ela não tem tempo para se debruçar sobre eles quando ela está se mudando de seu apartamento do tamanho de uma caixa de cão para sua primeira casa com seu noivo. Mudança de casa é uma tarefa temida, e Keela adoraria nada mais do que fazer as coisas tranquilamente e sem problemas, mas quando você está noiva de um irmão Slater, nada vai calmamente ou sem problemas. Nada.
Alec Slater ama a sua mulher. Ele também adora jogar e surpreendê-la. Escolher o dia da mudança para fazer as duas coisas acaba por ser um fracasso de proporções épicas. Alec quer fazer as pazes com Keela por seus erros, mas conforme o dia passa, e as coisas vão de mal a pior, ele não sabe se  viver com ele é algo que ela quer ainda.
O que começou como um simples dia de embalagem e mudança de casa transforma-se no dia do inferno. Hóspedes da casa indesejados. Propostas de negócios. Álcool. Os testes de gravidez. Os ataques de pânico. Combate. Discussões. Sexo, e tudo o mais que é uma loucura e representa o nome Slater. Keela tem uma escolha a fazer, e não é uma que ela vai fazer de ânimo leve.



            Esse livro é um spin-off do segundo livro da série, Alec. Neste livro vamos ver a vida do Alec e da Keela quando eles estão morando juntos e prestes a se mudar para nova casa, o problema é que Keela está em pânico e não fala pra ninguém, Keela adora Alec, e o que Keela adora, Keela preza, ela não tem dúvidas de que o ama, ela só não está no mesmo ritmo que o Alec.
Esse livro também rola um mistério de qual garota possa estar grávida, todas estão apavoradas sobre isso.

Deixe um comentário