Sinopse: Depois de uma aventura erótica de uma semana com um músico que ela conhece em um bar, Thea Cunning nunca espera ver Levi Black novamente. Em seguida, segunda de manhã chega, e ela descobre que seu antigo amante não é somente o professor dela, mas ele também é um dos melhores advogados criminais no estado de Massachusetts.
Com todos da classe competindo para ser um dos doze discípulos - um grupo de doze alunos que o Professor Black leva sob sua asa - as tensões estão altas. Thea considera abandonar sua classe, dada sua semana apaixonados juntos e sua inegável química. Afinal, existem outros professores de direito (menos irritantemente sexy) no campus.
Mas para atingir seu objetivo e tirar seu pai da prisão, Thea sabe que ela precisa aprender com o melhor dos melhores - e é Levi Black.
Mas ela pode aprender sob o melhor, sem estar sob o melhor?




    Achei esse livro maravilhoso, ele possui romance, drama, aquelas brigas de casais, problemas de família. É um livro bem completo, mas sem perder o foco do assunto principal.
    Levi e Thea viveram um romance erótico bem intenso durante uma semana, mesmo relutante em se separar eles seguem com suas vidas, o problema é: a vida os uniu de volta como professor e aluna. 
     Não sei vocês, mas eu adoro essa de professor, aluna, romance proibido, frustração sexual etc. 
    Ah, é uma das coisas que me atraiu foi o fato de que o Levi é advogado e a Thea estudar para ser uma para tirar seu pai da prisão. 
    Eu realmente gostei do livro, e J.J. McAvoy se tornou uma das minhas leitoras favoritas desde a série Ruthless People.
"Quem diz que os sonhos não se tornam realidade? Todo mundo merece ter um ‘Felizes Para Sempre’ e ela era o meu."

Deixe um comentário