Kane precisa de Aideen, e o que Kane precisa, Kane leva.

Sinopse: Aideen Collins é um espírito livre. Ela é sincera e direta, mas ela tem que ser assim depois de crescer em uma casa cheia de homens. Família significa tudo para Aideen. Sua família é composta por seus quatro irmãos, seu pai, e seu grupo de amigos selvagens. Aideen é protetora de sua família, não há muito que ela não faça para mantê-los seguros.
Kane Slater é uma alma torturada. Literalmente. Ele é mal interpretado pelas pessoas, e temido por eles graças às cicatrizes que desfiguram o rosto e corpo. Ele aprecia que tenham medo porque as pessoas que te temem não querem aproximação. Ele gosta de seu círculo ser limitado a seus irmãos e suas namoradas, mas um espinho de uma rosa irlandesa cavou fundo em Kane, e seu nome é Aideen Collins.
Aideen e Kane não se dão bem... em nada. Aideen é a única mulher que o encara e responde à altura sem medo de machucá-lo.
Kane é o único homem que pode ver através do exterior resistente de Aideen. Ele conhece seus mais profundos e sombrios segredos. Eles não se suportam, mas se desejam ardentemente. Eles escondem suas necessidades atrás de brigas e brincadeiras, mas quando Kane baixa a guarda para que todos possam ver, e sucumbe a uma doença dentro de seu corpo, é Aideen quem bate pé firme para cuidar dele.
A doença é a menor das suas preocupações quando um demônio do passado de Kane volta a jogar com ele. Todo mundo na vida de Kane está ameaçado, e com o seu corpo a lutar contra ele, ele não sabe se a sorte  irlandesa é  suficiente para manter a sua família segura e seus demônios sob controle.


     Esse livro começou um pouco diferente dos outros, Kane e Aideen já foram pra cama antes, e essa única vez causou uma gravidez, ela está desesperada, e tudo complica ainda mais quando o Kane tem uma crise e no hospital eles o diagnosticam com Diabetes tipo I, então ele tem que levar injeção por toda vida, o problema é que em sua antiga vida ele sofreu com agulhas, então ele tem pavor, a única pessoa que ele deixou aplicar insulina nele foi a Aideen, no fim ela acaba se comprometendo a todo dia aplicar a injeção nele, mas ele não facilita e acabam discutindo bastante. Kane precisa de Aideen, e o que Kane precisa, Kane leva.
    Quando Kane descobre que ela está grávida ele não se aguenta de tanta felicidade, a garota que ele gosta simplesmente está carregando seu bebê, os outros irmãos também dão uma pirada em êxtase de alegria. 
    Quando Aideen e Kane estão se resolvendo ela percebe que ele esconde coisas do passado dele, como está na cara de que Kane é totalmente apaixonado por ela, isso acaba fazendo seus inimigos a atingirem de um modo que custe sua vida.
     No final desse livro o Damien aparece de volta a cidade, quem já leu o primeiro livro sabe que ele foi embora após a luta que tiveram no fim do livro com o ex chefe dos seus irmãos. 

"Então você veio e fez tudo melhor. Você manteve meus demônios na baía apenas por ser você. Você me curou, boneca."
—  Kane Slater.
"Eu não posso dar-lhe um monte de coisas, mas eu serei amaldiçoado se eu não posso dar-lhe o seu felizes para sempre."
— Kane Slater.


SLATER BROTHER'S #3,5
Aideen idolatra Kane , e o que Aideen idolatra, Aideen protege.
Sinopse: Aideen Collins está de saco cheio. Ela está a beira de um colapso nervoso com sua interminavel gravidez , sua paranoia recém-descoberta, mas principalmente ela está de saco cheio com seu namorado grudento e implicante.
Kane Slater está mais feliz do que nunca. Ele está prestes a se tornar pai pela primeira vez com a mulher que ele ama. Mal sabe ele que Aideen é literal e figurativamente uma bomba-relógio. Ele só tem que sobreviver mais algumas semanas de explosões hormonais assassinas, e tudo ficará bem … ou assim ele espera.
Ambos estão presos pela expectativa da chegada de seu bebe, mas no fundo de suas mentes existe uma sombra que não vai desaparecer. Nenhum deles falar sobre isso, mas a presença eterna da sombra joga dúvidas sobre seu relacionamento.
Big Phil conseguiu entrar em suas mentes e enraizou-se lá como uma figura caçadora. Sem esforço, ele destrói coisas e causa problemas. ele os observa de longe, esperando poder separar sua familia.
Os instintos de aideen de proteger os seus estão mais fortes que nunca. Se Big Phil quer machucar aqueles a quem ela ama, ele vai ter uma bela briga em suas mãos. 


     Eu fodidamente adorei o livro da Aideen, eu chorei de rir tantas vezes com os irmãos que meu Deus do céu.
      Aideen tem o seu bebezinho e é um menino para a alegria dos Slater.
    A minha cena totalmente predileta foi do Nico e do Alec trocando a fralda do Jax, eu chorei de tanto rir, eu ri, eu ri, eu ri e ri mais ainda. E ainda tem uma cena em que a Aideen brinca sobre fazer sexo a  3 com as meninas para ajudar o bebê a nascer.
Alec: "Isso foi cruel, Aideen. Então, porra cruel demais. Não falem comigo novamente. Não gosto mais de nenhuma de vocês."
Nico: Você não deveria mentir desse jeito, não sobre sexo a três. É doloroso.
Aideen: "Só é doloroso porque este é um trio que não está se tornando realidade, é isso está matando todos vocês."
Kane: "Não diminui a dor de você mentir sobre isso. Você deu esperanças vãs ao pobre Alec."
Aideen: "Apenas para Alec?"
Kane: "Para eu e Dominic também."
Nico: "Isso mesmo."

Deixe um comentário