Sinopse: Meu nome é Ace e eu sou o Ace de espadas.
Eu não sou bom e meu comportamento não é decente. 
Eu serei seu pesadelo. 

Eu serei seu sonho. 
Vou ter você implorando por mais de mim com cada grito. 
A verdade está nas minhas letras. 
Incontrolavelmente controlada. 
Eu entrego minha alma em um rock & roll. 
Eu não namoro ou faço amor, estar comigo é difícil. 
Você sabia que o ás de espadas é considerado o cartão da morte? 
O amor não existe no meu mundo, ele nunca existiu. 
O amor não existirá no meu mundo, é algo que eu não permito. 
Meu nome é Ace e eu sou o ás de espadas. 
Proceda com cuidado, porque eu sou afiado como uma lâmina.




         Que livro delicioso de se ler minha gente. O livro é simples, mas ao mesmo tempo complicado. É uma historia envolvente e doce. Ace é o bad boy da banda, o cara durão, que não liga pra nada... Mas ao mesmo tempo ele é inteligente, seguro e responsável. Ace não fica de “mimimi”, ele queria Elizabeth desde o momento em que a viu andando pelos bastidores do seu próximo show, o que o fez ficar exitante em se envolver com ela não foi o fato dele não querer se envolver e se prender, e sim que ela era uma jornalista. E ele realmente ODEIA a impressa, pois geralmente escrevem coisas falsas e tudo mais.
         
         Elizabeth é nova no ramo e não sabe a mínima ideia do que fazer quando o seu chefe a manda acompanhar a turnê de uma banda rodeada de irmãos quentes e simpáticos. O fato dela se atrair logo de cara por Ace tornou tudo um problema maior. Querendo ser profissional ela se distancia do vocalista sexy e ignora suas claras investidas.

         Quando eles começam a se envolver amorosamente vemos o lado príncipe de Ace, ele é incrivelmente doce e ainda cozinha pra ela. Olha ser sexy e saber cozinhar é jogo baixo.

         Claro que nem tudo é perfeito e ocorrem alguns probleminhas, mas nada avassalador, em minha opinião. Eu gostei bastante do livro e recomendo a leitura ♥




Deixe um comentário