Sinopse: Me foda de forma impudente.
Me beije mais duro.
Me leve, de novo e de novo.
Eu e ele nos conhecemos em baixo de uma nuvem de clichês.
Rapaz encontra mulher. Rapaz encanta mulher. Rapaz fode mulher.
Nossa história deveria terminar logo depois dos orgasmos, logo depois que seguíssemos os nossos caminhos separados.
Mas logo depois nos víamos de novo...
E nenhum de nós conseguiu ir para longe.
Nossas regras eram simples.
Nossa paixão era escandalosa.

Nossos corações supostamente eram para estar seguros...
Mas quando você encontra algo que te consome, inebriante e inevitável, você vai arriscar tudo que você já teve, mesmo que você esteja destinado a cair e se queimar.
Esses somos nós.
Esse é o nosso amor bagunçado.
Essa é a turbulência.



MEU PAI AMADO QUE LIVRO MARAVILHOSOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO! Comecei a leitura e não parei até estar terminada, demorei umas duas horas e meia pra terminar, e foram umas das melhores horas da minha vida. Cadê dinheiro pra eu me tornar aeromoça e ter um caso pecaminoso com um piloto sexy?
Gillian não é minha mocinha favorita no mundo, ela dá umas mancadas BEM feias ao decorrer da história, ela terminou tantas vezes com o Jake que eu perdi as contas. Mulher, você tem sexo quente exclusivo com o boy, para de drama. O namorado da Gillian, que ela termina no começo do livro, é um babaca completo, ele fala que traiu ela e vai continuar traindo como se estivessem conversando sobre o tempo, ele chega até mesmo ao absurdo em propor para que ela também durma com outros caras, mas ele permite até dois... Sim, ele é babaca assim.
Jake é um rabugento nato, completamente antissocial, amargurado, irritante e incrivelmente sexy, que combinação hein. Na primeira noite que ele transa com a Gillian ele descobre que ela é uma mentirosa total, ele descobre isso porque assim.. Como Jake passa muito tempo pilotando ele não tem tanto tempo para cuidar da casa, então ele contratou uma empresa de limpeza para cuidar disso, mas quando ele vê sinais de que alguém está usando a sua casa ele pira completamente, então quando ele pega a Gillian numa festa exclusiva e ela o leva pro apartamento “dela” ele descobre que não só ela é funcionaria que limpa, mas também ela usa o apartamento dele como se fosse seu. Antiprofissional? Completamente. De inicio ele entra no jogo dela, perguntando sobre a decoração, entre outras coisas, mas depois ele não se aguenta e a expulsa de lá, só que ao invés dela ir, eles acabam tendo sexo contra a estante.
Depois de um par de reencontros a vida deles se cruza novamente quando eles começam a trabalhar pra mesma companhia, e isso acaba criando um acordo entre os personagens. Sexo sempre que estiverem na mesma cidade, exclusivo e sem amarras.
Ainda rola muita coisa no livro, muito drama, e tem uma parte no fim em que eu realmente, realmente, queria bater na Gillian pelo o que ela fez com o Jake, mas o amor sempre prevalece no nosso mundo literário, então nesse livro não é diferente.

2 Comentários

  1. Eu também gostei muito desse livro, comecei a lê-lo ontem e não conseguir parar até ter terminado.
    Fiquei com raiva em alguns momentos, mas acredito que se um livro não te leva do amor ao ódio e depois para o amor novamente ... Ele não é digno de ser lido.
    Pois viver só de amor não é tão interessante quanto passar por todas as etapas.
    Que muito saber se terá continuação.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir