Título: Desculpa, eu te amo
Série: O Amante #3        
Autora: Jodi Ellen Malpas
Editora: Planeta de Livros
Ano: 2015 / Páginas: 512
Cortesia em parceria com a Editora.

Sinopse: A saga de Ava O’Shea e Jesse Ward chega ao fim no mais romântico, mas não menos picante, dos três livros que compõe essa trilogia erótica, best-seller mundial. O segundo volume da série termina com o belo e rico empresário se ajoelhando e pedindo a decoradora em casamento. No entanto, o futuro cor-de-rosa não se concretiza de pronto e, apesar de uma sofisticada e bela cerimônia de casamento no libidinoso Solar, o casal se separa novamente. E isso é só o começo deste terceiro e último livro da trilogia O Amante.
Um “fantasma” do passado de Ward voltará a aterrorizá-lo e não só irá comprometer o sonhado final feliz ao lado de Ava, como também colocará em risco a vida dos dois, numa sequência fabulosa de percalços, com direito a ameaças anônimas e perigosas perseguições automobilísticas pelas ruas de Londres. Será que os dois vão ter seu sonhado final feliz? 

Classificação:




Meu perfeito Adônis imperfeito. Meu Deus. Meu marido.
Resenha

Aquele final digno para uma trilogia desse porte. Jodi Ellen Malpas terminou essa história com chave de ouro!
É o dia do meu casamento. O dia em que prometo me entregar a esse homem por toda a minha vida. Não que eu precise de um pedaço de papel ou de uma aliança no dedo para ter certeza disso, mas ele precisa.
Em Desculpa, eu te amo logo de início já temos o casamento do casal. Esperar nunca foi do estilo de Jesse Ward, então não me apavorei quando no primeiro capitulo já nos deparamos com Ava a caminho do altar. Óbvio que não dá para ter um momento romântico entre Sr. e Sra. Ward sem que Jesse tenha que usar o seu rolo compressor ou algo do passado de Jesse surja. Paz na vida desse casal é algo raro, mas para quem espera por um momento assim, fiquei feliz pois na lua de mel deles eles vão literalmente para o Paraíso e passam dias tipicamente deles. Nus, aconchegados e com muita atividade sexual. Mas é aquilo né, dias felizes chegam ao fim, ainda mais quando o Jesse ainda tem muita história para contar.
Você tornou a minha vida tão bela quanto você mesma. E me faz querer que a minha existência tenha valor... Eu não existo sem você. Ava, você é tudo de que eu preciso: olhar para você, ouvir você, sentir você – ele solta as minhas mãos e as apoia nas minhas coxas. – Amar você.
O que fazer quando alguém perigoso do passado de Jesse retorna querendo destruir o motivo de sua felicidade? O que Ava deve fazer quando vê o seu marido, o motivo de sua felicidade, despedaçado emocionalmente?
Meu perfeito Adônis imperfeito. Meu Deus. Meu marido.
Nesse livro nós temos o esperado desfecho da história do casal. Todos os segredos serão revelados. As cartas estão na mesa, só resta saber se o amor irá ganhar ou o passado irá vencer.
A eternidade ao seu lado ainda não seria o bastante, Ava. Do momento em que te vi no meu escritório, eu sabia que as coisas iriam mudar para mim. Planejo devotar cada segundo da minha vida para te idolatrar, te adorar e te satisfazer, e planejo compensar os anos vazios que passei sem você.
Ava Ward está bem... não sei ao certo, em momentos ela está bem mais madura e forte, mas outras vemos que sua fragilidade e medos estão bem expostos nesse livro. Eu vi uma mudança bastante razoável da personagem comparado com o primeiro livro. Mas é aquilo, para algumas coisas a mudança foi maravilhosa, em outras nem tanto.
Ele quer normalidade? Então ele mesmo deveria ser um pouco mais normal. Mas será que eu quero que ele seja normal? Não, não quero. Se fosse normal, não seria o Jesse. Não seríamos nós se ele fosse normal.
Jesse Ward está mais... calmo? Não muito, mas é notável que o seu jeito louco de ser está mais contido agora que Ava se tornou a sua esposa e eles estão prestes a iniciar uma família. Sempre fui muito envolvida com esse personagem então foi bom ler apesar de ter momentos em que ele queria agir daquele modo Jesse Ward de ser para alguém mais comportado. Uma característica que aumentou de nível nesse livro foi o seu extremo cuidado com Ava, principalmente quando a gravidez que todos já esperávamos que acontecesse desde o primeiro livro é confirmada. Fora isso, ele continua uma pessoa extremamente atenciosa, carinhosa e romântica.
Nunca me agradeça por cuidar de você, Ava. É o motivo pelo qual fui colocado na Terra. É o que me mantém aqui. Jamais me agradeça por isso.
Acredito que já disse anteriormente em outra resenha que nessa trilogia o protagonista é Jesse e a Ava é mais como a segunda principal. Nesse livro o passado de Jesse colidi fortemente com o seu futuro o que o deixa desesperado e aterrorizado. O livro é recheado de situações, uma mistura imensa de sentimentos.
Minha menina bonita me torna um idiota sempre que olho para ela. É como se eu a estivesse vendo sempre pela primeira vez – ele busca meu olhar e suspira. – Você mantém meu coração batendo, Ava. E ele vai bater sempre somente por você, entendeu?
Os personagens secundários também trouxeram bastante drama para esse livro. Sam, Kate, Drew, Sarah e entre outros. Eu continuo odiando a Kate, sinceramente eu não queria ter ela como minha melhor amiga. Muitas vezes eu considero ela bastante rude com a Ava, principalmente quando o tema da conversa é ela e sua vida amorosa. Tem pessoas que vão dizer que Kate fica apenas na defensiva, mas não, o modo que ela responde e trata Ava nesses momentos é sim rude e grosseiro. Diferente da Ava, eu já teria terminado essa amizade a tempos.
Ela está em um turbilhão de emoções, mas não consigo deixar de estar zangada com ela.
Não recomendo esse livro para todos, se você leu o primeiro e segundo livro, definitivamente. Mas não posso dizer que a trilogia O Amante é algo que agrade todos que leiam, ou você ama, ou você odeia. Cabe a cada um ler e tirar suas próprias conclusões.
Não exijo mais ver os olhos dela. Não preciso mais certificar-me de que ela é real. Enquanto meu coração continuar batendo, sei que ela é real. Ponto-final.
Capa e Diagramação


A diagramação, está maravilhosa, como sempre. Eu amei a capa e o livro todo em si. Não achei nenhum erro na revisão e não tive nenhuma dificuldade ler e me prender na história. Eu amo demais o livro como um todo.
 

 

11 Comentários

  1. Gosto muito das suas resenhas... Mas mesmo lendo essa resenha da trilogia do O Amante, ainda não me apaixonei por ela, mas logico respeito quem gosta... Como vc mesmo disse é uma trilogia q ou vc ama ou odeio rsrsrs eu não considero q odeio, so nao me encantei. Muitos dos livros q li foi indicado por vc �� e adoro cada postagens suas... Vc tá de parabéns! ������

    ResponderExcluir
  2. Oie, tudo bom?
    Esse gênero realmente não me chama a atenção. Não consigo me prender a historias onde o principal foco é o romance erótico. Passo a dica, mas amei a resenha e a maneira de como a conduziu ❤

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Nunca tinha ouvido falar da trilogia ou da autora, e fico feliz que tenha te agradado, mas infelizmente não acho que seria um livro que eu gostaria. Ainda sim, quem sabe um dia não dê uma chance a ele?

    Parabéns pela resenha, está bem atrativa.

    ResponderExcluir
  4. Oie!
    Realmente, esse livro é daqueles que ama ou odeia. Eu já li o livro, e teve vários momentos que fiquei com muita raiva do protagonista, achei ele muito louco na história.
    Mas a narrativa da autora é bem envolvente, tanto que li os três livros.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  5. É exatamente assim! Ou você ama ou você odeia haha li o primeiro e acabei deixando de lado por descuido, saber que a autora foi direto ao ponto no terceiro livro e colocou as cartas na mesa me deixa um pouco mais tranquila, meu medo era que ela deixasse algumas questoes, principalmente do terceiro livro, em aberto.

    ResponderExcluir
  6. Olá!!
    Não conhecia a trilogia, e fiquei um pouco com medo da parte do: ou você ama, ou você odeia! hahahhaa
    De qualquer forma, gosto dessas trilogias quando existe a evolução e amadurecimento dos personagens e de seu relacionamento.
    Quem sabe um dia eu descubra se amaria ou odiaria essa leitura? hahaha
    Um beijo

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia essa trilogia, mas pelo que vi da sua resenha acho que eu faria parte do grupo que odeia. Eu dificilmente me interesso por um romance erótico e acho que Jesse é o tipo de personagem que reúne estereótipos que não gosto. Pelo que percebi na resenha, acredito que ele seja o típico mocinho mandão e controlador, com a desculpa de estar sendo protetor.
    Não gosto quando há esse tipo de relacionamento em livros e, por isso, vou passar a dica. Mas fico feliz que você tenha gostado tanto da leitura e adorei sua resenha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oii!
    Só conhecia esse livro por ver a capa dele por aí, mas não havia lido nenhuma resenha dele ainda. Fiquei contente por ler a sua e por você ter gostado, mas sinto que esse livro é dramático em excesso e isso não me agrada muito, pelo menos não nesse momento.
    Suas fotos estão maravilhosas.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi,
    eu amo a forma que você divide suas resenhas, as fotos são lindas. Quanto ao livro eu ando lendo bastante do gênero a alguns anos e em consequência disso acabei me saturando de alguns clichês. Não conhecia a trilogia e consequentemente não conheço o inicio da história dos dois, mas admito que fiquei curiosa e vou procurar saber mais a respeito antes de decidir embarcar ou descartar a leitura.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  10. Oi flor, realmente é um gênero que tô deixando de lado no momento, já li tantos que ficou cansativo e repetitivo de mais. Talvez no futuro eu volte a ler e pegue esse, a respeito do que foi falado, é interessante a trilogia focar no homem, que sempre vemos a mulher em destaque e aqui ele tem o foco principal, faz com que tenha um diferencial e claro nos mostra a mudança no decorrer dos livros.
    Nunca tinha ouvido falar da trilogia, mas me encantei pela capa, acreditava por ela, que seria um livro de época.
    http://k-secretmagic.blogspot.com.br/
    Xoxo

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Eu ainda não conhecia essa trilogia, mas achei a sua trama bem interessante. Mas, ao mesmo tempo, não sei se odiaria ou amaria, dá para ver que esse tem uma carga dramática bem forte, e se não bem trabalhada fica uma coisa bem desgastante. Mas adorei poder conferir a sua resenha!
    Beijos.

    ResponderExcluir